Perguntas Frequentes

Reunimos aqui as dúvidas mais frequentes de nossos clientes, mas caso você não encontre a resposta que precisa, entre em contato através da seção de contato.

Não encontrou o que procurava? 
Envie sua dúvida

Em aço, OSB, lã de rocha e gesso, tal como todo o edifício. São colocadas vigas propositadamente calculadas apoiadas nas paredes. Nas aberturas entre vigas procedemos à instalação de redes de águas e esgotos, eletricidade, aspiração central, etc. à semelhança do resto das paredes verticais.

Simples. Começando com uma laje de concreto igual a todas as outras. Os canais são depois fixos ao concreto com buchas específicas de ancoragem, utilizando-se entre os dois materiais uma tela isolante. Os perfis obedecem a esquemas rigorosos de equilíbrio de cargas sustentando totalmente a estrutura.

Certamente. O subsolo respeitará sempre todas as normas de segurança e impermeabilização para garantir uma uniformidade qualitativa a todo o edifício.

Sim, desde que não mexa com paredes estruturais, à semelhança de qualquer construção em alvenaria. É extremamente fácil remover, mudar ou adicionar uma parede interior, adaptando os espaços ao gosto dos seus ocupantes.

Sim, obedecendo aos mesmos requisitos de qualquer outro sistema construtivo. Acresce o fato de uma moradia em Light Steel Frame ter prêmios de seguro inferiores, uma vez que utiliza materiais de elevada resistência.

Os materiais utilizados pelo sistema Light Steel Frame são M0 ou M1, o que quer dizer que ou não ardem, ou são auto extinguíveis. No caso de um incêndio, as experiências laboratoriais apontam para uma resistência de mais 40 minutos em comparação com as construções em alvenaria tradicional.

Não. Porém aconselhamos sempre uma boa caixilharia por forma a garantir os níveis de isolamento térmico e acústico oferecidos pelas nossas moradias. A caixilharia em PVC (poli cloreto de vinilo) com vidro duplo reforçado a aço afigura-se como sendo a melhor opção. Além de possuir uma vida útil muito mais dilatada, o PVC é um material totalmente reciclável, fabricado por grandes marcas preocupadas com o ambiente.

Todos os que quiserem. Existem buchas próprias em borboleta que lhe permitem pendurar o quadro danificando ao mínimo a parede e agarrando-o com total segurança. O gesso suporta 80kg sem qualquer ruptura. Poderá otimizar ainda mais a operação tentando enquadrá-lo num dos perfis de aço, detectáveis através de um equipamento próprio que oferecemos aos nossos clientes.

Não. O aço utilizado pelo sistema Light Steel Frame é um aço galvanizado cujos métodos são os mais recentes na tecnologia siderúrgica atual, com um teor de galvanização de Z275 e com uma garantia anticorrosiva que pode ser considerada centenas de anos, uma vez que este aço não se encontra à intempérie.

O gesso é um material de fácil manuseio devido ao seu baixo peso, permitindo um acabamento final com todos os materiais normalmente usados na construção. É aplicado gesso hidrófugo na cozinha e casas de banho, sendo posteriormente revestido a azulejo ou qualquer outro material do agrado do cliente. Quanto aos pisos, estão preparados para receber qualquer pavimento, desde madeira até pedra, passando pela cortiça ou tijoleira.

A laje estará preparada com todas as tubulações de esgotos. De forma rápida, uma vez que não é necessário abrir valas, colocam-se entre os perfis e os canais todas as canalizações necessárias (água, luz, aspiração central, aquecimento central, etc.)

Vá buscar um recipiente rapidamente! A água aparece de imediato, permitindo agir com celeridade e eficácia. Não necessita esperar seis meses para ver fungos por toda a casa, sem sequer imaginar onde se encontra o problema. Basta retirar a placa de gesso danificada, reparar o cano e finalizar a parede, tal e qual como se encontrava antes.

Sim. Qualquer dos sistemas resultará em perdas mínimas e poupanças máximas de energia. As habitações são naturalmente climatizadas e equilibradas. A opção é sua.

Estará sempre mais seguro dentro de uma casa em Light Steel Frame. Como as próprias paredes constituem a estrutura do edifício, evitam a concentração de cargas em pilares pontuais. Do mesmo modo, a interligação das estruturas com parafusos em aço galvanizado elimina pontos de ruptura. O edifício adapta-se ao fenômeno, equilibrando as suas forças. Pode mexer, pode até ficar com partes danificadas, mas a estrutura não colapsa.