Conheça mais detalhes sobre
Construção a Seco

Micura Light Steel Frame torna-se membro do GBC Brasil e sai na frente no quesito sustentabilidade

Micura Light Steel Frame torna-se membro do GBC Brasil e sai na frente no quesito sustentabilidade

Autor: Heloisa Pomaro

01 abr

Green Building Council é conhecido como a organização internacional que influencia todo o mercado da “construção verde

A construção em Light Steel Frame (LSF) já é conhecida como uma obra rápida e limpa pelos benefícios que traz tanto ao meio ambiente quanto aos moradores. Com isso, a Micura que está desde 1986 no mercado e sempre se preocupou com o quesito sustentabilidade, mais uma vez se destaca e torna-se membro do Green Building Council. Esta parceria tem o intuito de fomentar ainda mais o desenvolvimento sustentável e oferecer aos clientes este modelo de construção que atrai benefícios econômicos, ambientais e sociais.  

Obter o selo GBC representa que a construção, desde a sua concepção foi pensada obedecendo a um conjunto de regras para garantir o equilíbrio entre desenvolvimento econômico, impactos sócios ambientais e uso de recursos naturais, para assim contribuir para a melhora na qualidade de vida e bem estar das gerações presentes e futuras.  

A construção civil ocupa um dos mais importantes papeis na tentativa de melhorar e preservar o meio ambiente. O LSF se destaca por ser considerada uma obra sustentável, pois utiliza materiais que podem ser reciclados, além de usar 80% menos água do que em uma obra convencional. Desde o início do projeto é possível traçar soluções ecologicamente corretas, como reuso da água, aquecimento solar, biodigestor e outros.

Sobre A Micura Light Steel Frame

A Micura nasceu em 1986 através da parceria da arquiteta Heloisa Pomaro e a engenheira Boni Kotake. Estas se tornaram sócias e apresentaram a empresa ao mercado, propondo mudanças na maneira de construir para se tornar a construção mais eficiente, funcional e sustentável.

Em 1996, a arquiteta conheceu as vantagens do Light Steel Frame em uma viagem ao exterior. Então aprofundou os conhecimentos e trouxe para o Brasil a técnica desse sistema construtivo. A Micura foi a primeira construtora a adaptar o sistema Light Steel Frame ao conceito arquitetônico brasileiro e desde então é considerada referência em técnica e tornando-se modelo para o mercado da construção civil a seco. A empresa já desenvolveu mais de 300 mil m² em projetos de LSF, executando mais de 100 mil m² em obras.

FONTE:
Comunicação Micura Light Steel Frame

Feito com por: magnífico.digital