Conheça mais detalhes sobre
Construção a Seco

Arquitetura personalizada em LSF e a influência do arquiteto no planejamento

Arquitetura personalizada em LSF e a influência do arquiteto no planejamento

Autor: Heloisa Pomaro

04 maio

Um projeto de arquitetura é a base para qualquer obra de construção. No Light Steel Frame, o cliente consegue ter mais liberdade para participar do processo criativo, interagindo com um profissional para uma arquitetura personalizada.

Embora existam projetos padronizados para quem não quer perder tempo na criação – confira o catálogo da Casa Micura – a sinergia do trabalho do arquiteto com o cliente é o elemento perfeito para a satisfação máxima do resultado.

O profissional direciona toda a parte técnica indispensável para a boa execução do projeto. Ele possui uma visão sistêmica do processo da obra e sabe o que pode ser modificado e o que é parte estrutural indispensável para uma obra de qualidade.

Do outro lado, o cliente participa com as suas preferências e sugestões para o lar ideal. Muitas vezes, ele já possui uma ideia de como gostaria de ver a casa, mas também pode desenvolver o conceito através das sugestões do arquiteto.

A maior facilidade para uma arquitetura personalizada se torna possível até mesmo durante as obras, devido aos materiais usados no Light Steel Frame. Eles permitem uma maior maleabilidade no projeto, já que dispensam grandes esforços na maioria das alterações.

No fim, ao contratar um profissional competente e que realmente tenha o conhecimento adequado sobre o Light Steel Frame, há sempre uma certeza: o produto final será de qualidade, durável, sustentável e com o conforto merecido para os moradores.

Arquitetura personalizada sustentável e inteligente

Um projeto de arquitetura personalizada ganha um conceito inteligente e dinâmico no Light Steel Frame. Trata-se de um projeto que permitirá obras rápidas, econômicas e sem desperdícios, com forte conceito de sustentabilidade.

O arquiteto especializado em LSF encontra a função de aliar os desejos do proprietário às noções de industrialização e ecologia que o formato proporciona. Os materiais principais chegam diretamente de fábricas, produzidos em sistemas de reciclagem com forte conceito de sustentabilidade.

Um projeto de arquitetura personalizada em Light Steel Frame deve levar em conta a quantidade exata de material necessário para viabilizar a obra. Aqui, vemos uma das grandes vantagens do modelo de construção: a economia de materiais e redução de desperdícios. O arquiteto fica responsável por montar um projeto já com base nessa exatidão, com baixa margem de erro.

Além disso, existe outra forma de aplicar a sustentabilidade no projeto. Os sistemas de instalações prediais podem ser desenvolvidos estrategicamente. É possível instalar painéis solares que geram economia de eletricidade, por exemplo, ou reutilização de água.

A instalação de janelas amplas para a entrada de luz e vento também se torna estratégica, pois economizar energia pela autossuficiência de claridade durante o dia e ainda pela boa climatização, que dispensa ar-condicionado ou ventilador. Os próprios materiais de forro também favorecem o equilíbrio de temperatura, independente de um tempo de calor ou frio.

Com tudo que foi dito, fica fácil perceber a importância e a influência do arquiteto para uma construção segura, resistente e inteligente. É ele quem viabiliza todo o conceito de sustentabilidade, desde a conscientização de economia e redução de desperdício até as noções de materiais e sistemas ecológicos.

Confira também os projetos ideais que a
Micura pode desenvolver para a sua obra!

Feito com por: magnífico.digital